RETROFIT DO COMPLEXO PLAZA CENTENÁRIO – SP

Imagem do case

Detalhes do case

Athié Wohnrath / BR Properties

Empreendimento

Retrofit

2020

São Paulo - SP

Visitar site

   

Justificativa

Em 1983, a primeira etapa do Complexo Centenário foi concluída com o Edifício Centenarinho, na região da Berrini - ainda um endereço não cobiçado da capital paulista. Em 1996, com a valorização do entorno, foi lançado um segundo edifício, o Plaza Centenário, conhecido como Robocop. Embora marcantes na paisagem urbana, a deterioração e desvalorização dos edifícios levaram à vacância. A aquisição dos imóveis pela BR Properties, em 2017, deu início ao resgate do antigo Complexo, que ganhou projeto da Athié Wohnrath. Diagnóstico, soluções técnicas e estéticas, bem como qualidade final do produto, resgataram o Plaza Centenário para o mercado e devolveram à cidade um de seus ícones imobiliários.

“Para nós, da Athié Wohnrath, esse prêmio é o reconhecimento de uma parceria eficiente e de um trabalho inspirador desenvolvido com a BR Properties.”
“Ficamos felizes com a conquista do prêmio, mas, acima de tudo, ficamos felizes por devolver vida a um complexo ícone da cidade de São Paulo.”
 
Ivo Wohnrath
CEO Athié Wohnrath
Martín Andrés Jaco
CEO BR Properties
Trabalho eficiente das parceiras Athié Wohnrath e BR Properties dá vida nova ao Plaza Centenário

Saiba mais

Em São Paulo, muitos edifícios comerciais ainda são antigos e não têm adaptações às necessidades urbanas da maior cidade do País. Esse era o caso do Complexo Centenário, formado por duas edificações, uma delas conhecida por Robocop. Apesar de ser um ícone da capital paulista, ele não integrava suas estruturas e seus acessos.

 

Em 2017, a BR Properties adquiriu o empreendimento com o objetivo de realizar uma profunda transformação. Era o início de uma empreitada de sucesso, em parceria com a Athié Wohnrath, na adequação do Complexo às novas realidades de São Paulo.  

 

O retrofit garantiu um empreendimento mais moderno e sustentável, que trouxe benefícios ao local onde está inserido, dentre eles a melhoria da mobilidade. O que antes era uma área fechada tornou-se um agradável caminho, que modificou o trajeto dos pedestres e facilitou o acesso à Estação Berrini de trem.

 

O empreendimento implantou o conceito de fachada ativa, levando novos serviços à região, ao mesmo tempo em que integrou o complexo ao bairro, de forma moderna e elegante.

 

Entre outras benfeitorias, o retrofit garantiu balanço hídrico, melhor desempenho energético e eficaz gestão de resíduos. Além de gerar economia na manutenção do empreendimento, essa transformação atraiu novas empresas e permitiu que a cidade voltasse a ter um ícone imobiliário Triple A.

  Anterior    Próximo  
  • Realização
  • FIABCI-BRASIL
  • SECOVI-SP