B3: O CENTRO EM MOVIMENTO

Imagem do case

Detalhes do case

Athié Wohnrath | B3

Empreendimento

Retrofit

2021

São Paulo - SP

Visitar site

Arquivo para download

Justificativa

Durante as últimas décadas, São Paulo assistiu ao êxodo de empresas do seu centro histórico. Com toda a sua história vinculada à região central da cidade, a B3 optou por seguir caminho distinto. Além de permanecer no centro, adquiriu outros imóveis para acomodar toda a sua operação na região. Não demorou em contratar a Athié Wohnrath (A | W), que realizou um extenso programa de revitalização, retrofit, design de interiores e preservação do patrimônio histórico, para qualificar suas propriedades aos novos usos e costumes de suas atividades comerciais. O projeto de arquitetura preservou e qualificou o espaço da B3 para o futuro, mesclando características originais; recompondo ambientes; preservando detalhes tombados; recuperando itens de decoração; renovando fachadas e caixilharia; e, principalmente, criando espaços que permitem a interação entre os funcionários e o público em geral. Mais que um exemplar trabalho de retrofit, uma contribuição determinante para o resgate do mercado no centro histórico de São Paulo que rende à Athié Wohnrath e à B3 o Prêmio Master Imobiliário 2021.

“Poder revitalizar espaços tão emblemáticos quanto os prédios da B3 é uma grande honra para a A|W. Estamos dando mais vida ao centro de São Paulo e oferecendo novas perspectivas a uma empresa tão inovadora.”
Ivo Wohnrath
CEO da Athié Wohnrath

 

“A transformação, que começou internamente, agora está refletida nos prédios da B3. Com um olhar inovador e num ambiente muito moderno, podemos oferecer uma experiência única aos nossos funcionários, clientes e parceiros no centro de São Paulo.”
Gilson Finkelsztain
CEO da B3
B3: O CENTRO EM MOVIMENTO

Saiba mais
O respeito a elementos tombados norteou o retrofit da Athié Wohnrath nos edifícios históricos da B3, que totalizam 44.165,63 m², têm alto nível de tecnologia embarcada e estão no centro de São Paulo. Destaque para o edifício localizado na Rua João Brícola, que traz em sua entrada 13 moedas douradas de réis e cruzeiros, e que agora está conectado ao prédio da Praça Antônio Prado, com ambas as edificações ganhando em ambientes abertos, iluminação natural e distribuição de estações de trabalho fora dos padrões convencionais. No prédio da Rua XV de Novembro, dos anos 1940, o desafio foi manter a sofisticação e abrir as portas ao público. Ganharam a B3, com novas instalações, e a cidade, com um novo espaço cultural, nesse que foi o prédio do antigo pregão da Bolsa de Valores.
  Anterior    Próximo  
  • Realização
  • FIABCI-BRASIL
  • SECOVI-SP